Descubra como fazer o planejamento financeiro empresarial

O planejamento financeiro empresarial mostra as expectativas do gestor com relação à receitas, despesas, lucros e investimentos para o ano seguinte. Por esta razão, é fundamental que a empresa mantenha toda a documentação fiscal e contábil, em dia, e esteja muito atenta aos acontecimentos no ambiente externo (mercado consumidor, concorrência, conjuntura política e econômica do país e o panorama mundial) para elaborar o planejamento financeiro com base em informações reais.

A projeção de cenários (otimista, moderado e pessimista) também é importante para que a empresa esteja preparada para as mudanças que poderão ocorrer ao longo do tempo, obrigando-a rever os planejamentos estratégicos e financeiro.

  1. Defina objetivos para o ano seguinte
    Analise os resultados do ano corrente e identifique os problemas que comprometeram as finanças da empresa. Faltou controle sobre as finanças? Quais as razões? O faturamento está abaixo do esperado? Por que? A lucratividade da empresa diminuiu? O que aconteceu?Essas questões são apenas alguns exemplos para mostrar a importância de compreender o cenário atual e definir um plano de ação para o futuro da empresa, o qual pode incluir: saneamento das finanças (caso a empresa caminhe para fechar o ano no vermelho); lançamento de produtos ou serviços; aumentar a participação no mercado; expandir os negócios com a abertura de filiais; projetar um percentual de faturamento desejado para o ano seguinte; entre outros objetivos.
  1. Para cada objetivo do planejamento financeiro empresarial, um conjunto de ações
    Não adianta fazer a “lista de desejos” sem definir como esses objetivos serão alcançados. Todo planejamento financeiro empresarial depende de ações táticas e operacionais para se tornar real.Portanto, defina objetivos, ações, prazos e resultados esperados. Se a empresa precisa reduzir custos operacionais, identifique os problemas e estabeleça as medidas que serão adotadas para melhorar todos os processos a fim de reduzir essas despesas, sem comprometer a qualidade dos produtos e serviços.Se as vendas estão retraídas, analise o mercado para entender as causas e buscar as soluções. Envolva os responsáveis pelas áreas de marketing e vendas na elaboração de um plano de ações para elevar o faturamento da empresa. Estabeleça um percentual a ser alcançado (seja realista) nos próximos 12 meses.
  1. Faça o controle mensal do planejamento financeiro empresarial
    O fluxo de caixa, por exemplo, emite sinais de alerta que ajudam o empresário a corrigir a rota a tempo de evitar prejuízos maiores. Se o sistema de controle financeiro da empresa está ultrapassado, invista em programas computacionais mais eficientes, que fornecem relatórios completos sobre todas as operações realizadas diariamente.Fique de olho na concorrência, comportamento do consumidor, mudanças políticas e econômicas. Tudo o que acontece no ambiente externo tem impacto sobre os resultados financeiros da empresa. O controle é essencial ao planejamento financeiro da empresa. Como saber se a empresa está na direção certa, sem avaliar os resultados mês a mês e uma visão clara sobre o mercado?
  1. Avalie o desempenho do planejamento financeiro empresarialCom o planejamento financeiro pronto, a empresa precisa controlar os resultados mês a mês, para corrigir as falhas e fazer as mudanças necessárias. Ao final de cada período, é essencial avaliar tudo o que aconteceu para saber quais objetivos foram atingidos ou superados e o que não surtiu resultados positivos, apesar do esforço feito para solucionar os problemas e enfrentar os imprevistos.A avaliação faz parte do ciclo de planejamento financeiro. É a etapa que mostra se a empresa está caminhando bem ou se é necessário adotar medidas corretivas ou novas ações. O planejamento financeiro da empresa não é imutável.Afinal, por maior que seja a competência do empreendedor e a qualidade de seus produtos e serviços, em determinados momentos, é necessário redobrar o esforço para suplantar as forças negativas do mercado. Difícil, mas não impossível!A empresa que faz o planejamento financeiro, mantém um controle rigoroso sobre despesas, receitas, lucros e investimentos; e rompe com os modelos mentais que bloqueiam a criatividade, consegue nadar de braçada até vencer o oceano vermelho da economia. Isto vale também para o microempreendedor individual, micro e pequeno empresário!

10 mandamentos do empresário bem sucedido

  • Assumir riscos, com planejamento
  • Identificar oportunidades
  • Conhecimento de mercado
  • Organização empresarial
  • Tomar decisões no momento certo
  • Liderança para motivar os colaboradores
  • Dinamismo para não ficar preso à rotina
  • Independência empresarial
  • Otimismo diante das dificuldades
  • Tino empresarial para perceber oportunidades e tomar decisões

Comece, agora mesmo, o planejamento financeiro empresarial!