FAX: 63 3413 7800  SAC | CALL CENTER : 0800-6427878

Franquia x negócio próprio: saiba qual é o melhor modelo para você

Você finalmente viu que a oportunidade de tocar seu próprio ramo de motopeças é agora. Com dinheiro no bolso, conhecimento e prática técnica com motos e experiência com gestão de lojas, você sente que impulsionar essa ideia é algo positivo.

Mas aí surge a dúvida: franquia ou negócio próprio? Não se sinta confuso ou perdido por ter esse questionamento. Muitos empreendedores que começam seus projetos do zero também passam pela mesma indagação. São dois modelos muito atrativos, porém os dois possuem particularidades muito específicas e que devem ser estudadas com cuidado.

Ao ver com cautela o que cada uma das partes aborda, você pode pôr na balança e ver qual a melhor alternativa.

franquia motopeçasFranquia motopeças

Consultores do SEBRAE como Ruy Barros indicam que iniciar uma franquia é uma grande alternativa para o mercado atual. Isso porque ele é mais prático e acessível em diversos aspectos.

 

Dinamismo

Ao montar uma franquia motopeças, você tem mais flexibilidade em trabalhar com esse conceito da forma que quiser e de acordo com sua necessidade. Isso abrange desde táticas de marketing da franquia, recursos e trabalhos envolvendo divulgação ou na compra de produtos para as motos como peças, equipamentos, entre outros. Tudo é feito de acordo com o gosto do empreendedor.

Outro detalhe é relacionado aos custos. Toda receita que entra numa franquia motopeças vai para o bolso do franqueador. Porém, taxas de franquia, pagamentos de know-how e até valores de faturamento e de marketing precisam ser pagos, embora em sua grande maioria apresentem valores abaixo do custo.

Mas se você quer se tornar um franqueador, saiba que ele é seguro, mas é contido. Por seguir uma linha criteriosa de franquia, é mais difícil de tornar sua marca mais reconhecida e garantir uma fatia maior no mercado.

 

Negócio Próprio

Ao contrário de uma franquia motopeças, pense que o negócio próprio é como uma criança: está começando a viver. Então tudo será feito num tempo mais demorado do que uma franquia, que é mais dinamizada.

Há a chance de começar do zero, criar uma identidade visual e conceito próprios, o lucro vai até ao seu bolso e os planejamentos estratégicos, financeiros e administrativos não ficam concentrados numa única plataforma de gestão. Isso é sinônimo de crescimento e expansão.

Leia Também:  [ Itens essenciais: tudo que você precisa saber antes de abrir um negócio ]

No caso de uma motopeças, é necessária a contratação de profissionais técnicos para manutenção das motos, investir em equipamentos e materiais originais e qualificados, além de obedecer a qualquer tipo de burocracia que envolva a área de conserto de motocicletas e também de abertura ao negócio.

Contudo, ter um negócio próprio é diferente de uma franquia. Requer um conhecimento ainda mais apurado de mercado, pois não há uma supervisão maior, como é o caso da franquia, para ajudar o dono a adotar as melhores ações. Além disso, os gastos são bem maiores no início porque a demanda do planejamento é maior do que numa empresa já estabelecida no mercado.

A dúvida pode ainda persistir: qual dos dois é o melhor? A melhor resposta é avaliar sua situação e como você deseja que sua empresa se comporte. Padronizações e flexibilidade de tempo e custo abrangem uma franquia motopeças. Mais autonomia e expansão estão associadas a um negócio próprio. Cabe a você avaliar bem e a adotar a melhor escolha.